Leia mais no Oficina da Net: Redirecionamento em JavaScript É precária a situação da biblioteca pública de Samambaia ~ Blog Samambaia DF

2 de mar de 2011

É precária a situação da biblioteca pública de Samambaia

Parece um galpão abandonado, mas na verdade é a Biblioteca Pública de Samambaia. A placa de identificação não existe; com as paredes pichadas, o espaço não abre no período da manhã, isso desde dia primeiro de janeiro. Algumas janelas estão quebradas e na porta, apenas os seguranças.

A biblioteca funcionava no parque Três Meninas, num casarão que em 2006 pegou fogo e foi completamente destruído. Foi aí que ela foi transferida para em galpão que antigamente abrigava um supermercado. O resultado foi que o espaço precisou ser improvisado.

O espaço destinado à literatura infantil é reprovado por quem trabalha com educação. “Infelizmente aqui não tem nenhuma condição de atuar com as crianças. É desorganizado, sujo, não tem nada que atraia uma criança para esta sala. Não tem iluminação, não tem banco e os meninos tem que sentar em uma pedra, como eles vão ficar confortáveis”, relata Mariana Neres, do projeto Mala do Livro.

Os livros não foram catalogados, para iluminar a sala de estudos, apenas uma lâmpada e as paredes nunca passaram por reparos. A biblioteca está ligada à administração regional da cidade. O administrador explicou que o local está fechado porque os funcionários que trabalhavam aqui eram comissionados e tiveram que ser dispensados, conforme determinação do GDF.

Mas o adminsitrador Risomar Carvalho garantiu que amanhã, a biblioteca volta a funcionar. “Já vai começar a funcionar amanhã (3), mesmo sem a presença de um bibliotecário. A biblioteca vai abrir com dois funcionários comissionados”, afirma

Moradora da cidade e coordenadora da ONG "Arte, cultura e vida", Paula Almeida, acha que falta também de divulgação do espaço. “O sentimento é de impotência, de tristeza, porque nós como agentes de leitura acreditamos que o ato de ler pode mudar o potencial de uma comunidade e nessa situação que a biblioteca se encontra, ela não tem atendido a demanda da população da cidade”, fala.

O Distrito Federal têm 26 bibliotecas públicas. Desde fevereiro elas estão sob a responsabilidade da Biblioteca Nacional, que daqui para frente vai ter muito trabalho. Tudo porque a situação em que estão diversas unidades é bem parecida com esta.

A Biblioteca Nacional não quis gravar e informou que está fazendo um levantamento e vai apresentar um estudo de melhorias.

0 comentários:

Twitter Facebook YouTube Orkut