Leia mais no Oficina da Net: Redirecionamento em JavaScript Samambaia se reúne para dizer não ao Lixão ~ Blog Samambaia DF

7 de jul de 2011

Samambaia se reúne para dizer não ao Lixão

Moradores se mobilizaram para dizer da falta de atitude dos deputados distritais e da ação antidemocrática de Agnelo Queiroz em jogar lixo no meio ambiente

Moradores da expansão de Samambaia se mobilizaram para realização da audiência pública realizada no último domingo, no Centro de Ensino 427, coordenada pelo deputado distrital Rôney Nemer, para tratar sobre a implantação do Lixão em Samambaia, uma das cidades mais verdes, que conta com três áreas de proteção ambiental e várias nascentes. Além de forte comércio agrícola, que atende a comunidade local.

“Os moradores não aceitam que seus imóveis, casas construídas com tanto sacrifícios sejam desvalorizada a quase 50% com a implantação do lixão”, comenta Maria Coelho, moradora da cidade e líder comunitária. Este lixão vai causar grande impacto ambiental a médio e longo prazo, fato que preocupa a população.

A população questiona a implantação do Aterro Sanitário em Samambaia, especialmente nas imediações da Área de Relevante Interesse Ecológico Juscelino Kubitschek (ÁRIE JK), com importantes afluentes da Bacia do Descoberto que fornece água potável a milhares de pessoas. O local indicado é também uma área de adensamento populacional e a imagem de um ‘lixão’ é negativa, prejudicando o desenvolvimento econômico e social da região em que se localiza.

Audiência no escuro “A falta de democracia”

Numa Audiência Pública realizada em 2005 se definiu Samambaia como sede do Aterro Sanitário do Distrito Federal. Mas a legitimidade dessa audiência é contestada porque foi realizada fora de Samambaia, com envolvimento mínimo da população local, e porque o projeto do Aterro Sanitário sofreu alterações posteriormente, invalidando a licença ambiental existente.

CLDF não faz atuação em prol de Samambaia, nem pelo meio ambiente

Celina Leão, que já entrou com uma ação contra o governo do Distrito Federal e Roney Nemer, que realizou esta primeira audiência, para ouvir a comunidade, que é fortemente contra, uma massa que luta pela preservação da cidade.

O projeto sofreu várias alterações no seu curso, então, precisa fazer novas licenças ambientais e novas audiências públicas. Enquanto isso, a comunidade defende que todo processo seja suspenso e que a população seja amplamente ouvida. Todos os deputados distritais deveriam se posicionar porque o problema é grave para ser tratado com tanto descaso.

O administrador regional de Samambaia, Risomar da Silva, disse na audiência que nunca foi chamado pelos demais órgãos do governo para discutir o assunto. A dúvida é saber porque ele também, como vice presidente do partido da situação, não se posicionou sobre o assunto.

1 comentários:

Foi o proprio deputado ronei que assinou o ride impacto ambiental em 2005, como secretario do roriz aprovando o lixao para cidade e agora vem querer dar um de joão sem braço.

Twitter Facebook YouTube Orkut